Programa Escrevendo o Futuro: 2018 será um ano de reflexão

O Programa Escrevendo o Futuro encerrou 2017 comemorando ações e conquistas que refletiram os resultados da prática de diferentes ações formativas, desenvolvimento de materiais e reflexões, que ajudaram a adensar as discussões sobre a Língua Portuguesa e contribuir para a melhoria do ensino da leitura e da escrita nas escolas públicas brasileiras.

Após 16 anos de atuação, que o tornaram referência no ensino de Língua Portuguesa em quase todos os municípios do País, e diante dos desafios atuais, o Itaú Social, o Ministério da Educação e o Cenpec identificaram a necessidade de repensar as ações que envolvem o Programa Escrevendo o Futuro e a Olimpíada de Língua Portuguesa.

Em 2018, a prioridade será ouvir professores, diretores de escolas, técnicos de secretarias de educação, especialistas de universidades, profissionais envolvidos com a formação de professores, entre outros parceiros, para juntos pensar novos arranjos e formatos do concurso, garantindo a evolução e a qualidade das ações. Sendo assim, a próxima edição da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro -- o concurso de textos do Programa --, prevista para este ano, será realizado em 2019.

Além do processo de escuta, em 2018 serão ampliadas as ações de formação, investindo na mobilização de territórios, escolas, educadores e estudantes de todo o país, perseguindo o objetivo de qualificar o ensino da Língua Portuguesa. Serão lançados novos cursos online, realizados encontros de formação presenciais e a distância e trabalhados os diversos recursos didáticos existentes no Portal Escrevendo o Futuro, como o “Percurso Formativo”, que contará com novas ferramentas interativas.